CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

PSICOTERAPIA CORPORAL INTEGRATIVA

CURSO de LONGA DURAÇÃO - 3 a 5 anos

A psicoterapia corporal tem as suas raízes no trabalho de Wilhelm Reich, pioneiro na ligação mente-corpo na década de 1920. Na atualidade diversos estudos em neurociências, nomeadamente as pesquisas desenvolvidas por António Damásio, vêm comprovar esta ligação bem como a necessidade de uma intervenção clínica mais abragente na área da saúde.

O curso de Psicoterapia Corporal Integrativa engloba várias abordagens diferentes para trabalhar com o corpo, principalmente Vegetoterapia Reichiana e Psicologia Biodinâmica. É integrativa porque assimila outras filosofias, modelos e métodos como a Gestalt, abordagens transpessoais e Relações Objeto. Chama-se Psicoterapia Corporal, porque leva em conta especialmente a maneira como o corpo também está envolvido na nossa vida psicológica, mantendo o trauma e expressando angústia, bem como incorporando e expressando bem-estar e prazer.

Os psicoterapeutas corporais podem fazer uso de uma gama eclética de técnicas, algumas das quais poderão envolver o trabalho direto com o corpo. As técnicas utilizadas são derivadas de diversas abordagens terapêuticas (por exemplo, Massagem Biodinâmica, Gestalt, Bioenergética). Até mesmo o simples uso da consciência corporal pode abrir todo um mundo negligenciado de informações, tanto para o cliente quanto para o terapeuta.

OPP acção formativa acreditada-02
EABP Logo

Duração

30 meses

Modalidade

Formação contínua.

Organização

Formação presencial.
Dividida em 2 níveis.

Horários

10h00 às 13h00 e
das 14h30 às 18h30

Língua(s) de Aprendizagem

Português e Inglês.
No caso dos módulos ministrados em Inglês haverá tradução simultânea.

Data e Local

O curso, por regra, decorre no 2º fim de semana de cada mês, com início em 9 de março de 2019 (podendo haver exceções previamente comunicadas).

Caso não estejam reunidas as condições para arranque na data prevista, o mesmo, com aviso prévio, será recalendarizado para a segunda data: 13 de abril de 2019.

O curso, por regra, desenvolver-se-á em Coimbra (local a designar), podendo no entanto, em alguns fins-de-semana (máximo de 2 por ano) ser num outro local até uma distância máxima de Coimbra de 200km (motivado pela especificidade do módulo).

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Objetivos Gerais

No final do curso os formandos deverão ser capazes de:

• Descrever os conceitos teóricos no domínio da psicoterapia corporal seguindo um modelo integrativo das psicoterapias corporais;

• Aplicar técnicas de intervenção expecíficas da psicoterapia corporal, para o ato psicoterapêutico, com base nos diversos autores e correntes teóricas;

• Analisar de modo aprofundado as bases teóricas da psicoterapia corporal;

• Descrever a partir da visão holística do ser humano, a dinâmica mente/corpo, bem como a valorização do corpo na intervenção clínica;

• Explicar as diferentes perspetivas de intervenção a partir da visão integrativa e fomentar a identificação de pontos de interligação entre as várias correntes teóricas;

• Desenvolver pensamento crítico sobre a dinâmica psicológica e psicossomática dos indivíduos.

Objetivos Específicos

• Aplicar conhecimentos teóricos e práticos no domínio da psicoterapia corporal seguindo um modelo integrativo das psicoterapias corporais;

• Utilizar as diferentes ferramentas de intervenção clínica expecíficas da psicoterapia corporal;

• Integrar a dimensão corpo na compreensão das dinâmicas psicológica e psicossomática dos indivíduos;

• Construir hipóteses de compreensão de quadros clínicos diversificados explorando a psicossomática enquanto realidade de largo espetro, tal como é tomada pelos modelos da psicoterapia corporal;

• Identificar a intervenção psicocorporal em quadros clínicos.

ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO

Nível I

A formação tem a duração de três anos num total de 448 horas, das quais 150 horas são teóricas (método expositivo-participativo) e as restantes vivenciais. Cada ano comporta 10 módulos presenciais temáticos, em regime de fim-de-semana uma vez por mês. O primeiro e segundo anos são compostos por 9 encontros, de 14 horas cada e 1 fim de semana de 3 dias com um total de 21 horas. O terceiro ano é composto por 8 módulos de 2 dias (fim-de-semana) com um total de 14 horas cada e dois módulos consistem em encontro residencial de 3 dias consecutivos, totalizando 21 horas cada módulo. 


A formação prevê ainda, caso não seja possível completar a respetiva supervisão durante os 3 anos de formação, o período de um ano (o 4º) para a conclusão da prática clínica e respectiva supervisão. 


A psicoterapia individual, num mínimo de 100 horas, é igualmente exigida.

Nível II

Consiste na continuação da formação anterior, aprofundando os conhecimentos e competências necessárias à prática da psicoterapia corporal mediante módulos de aprofundamento, supervisão clínica e restantes componentes consoante regras da Associação Europeia de Psicoterapia Corporal (EABP). 

O nível II é composto por um 4º ano com um total de 10 encontros. 

Metodologia

A metodologia a adotar será de caráter dinâmica e essencialmente ativa, no enatnto também serão desenvolvidos momentos expositivos com a apresentação de slides, intercalado com a técnica das perguntas (método interrogativo). Proporcionar-se-ão momentos de role-play, bem como demonstrações do saber-fazer (método demonstrativo).

Certificados

Desde que cumpridos todos os requisitos mínimos obrigatórios*, no final dos 3 anos os formandos terão acesso a um certificado de formação do IPPC “Curso de Psicoterapia Corporal Integrativa”, de acordo com a regulamentação da OPP.

No caso dos formando que pretendam a certificação para membro EABP o certificado será emitido após a conclusão dos requisitos EABP (4º ou 5º ano).

*Avaliação com média final mínima de 10 valores numa escala de 0 a 20 e ainda que frequentem pelo menos 90% das horas de formação, uma vez que se trata de formação presencial.

O Certificado de Frequência de Formação destina-se a formandos que não atinjam os objectivos pedagógicos propostos, sendo a sua avaliação inferior a 10 (escala de 0-20).

DESTINATÁRIOS

Público-alvo

Psicólogos e outros profissionais de saúde.

Perfil de Entrada

Todos os profissionais de saúde com interesse em acrescentar à sua prática, as ferramentas de psicoterapia corporal numa perspetiva funcional corpo-mente.

Requisitos de acesso

Licenciatura em Psicologia e áreas afins; Síntese curricular e carta de motivação para frequência no curso dirigida à Coordenação Científica (ippc@ippc.pt)

Critérios de seleção dos formandos

Por ordem de inscrição, seguido de: Avaliação da carta de motivação, síntese curricular e resultados de uma entrevista prévia.

Número de formandos

Mín 14 – Máx 20

VALORES

Taxa de Inscrição

(pagamento único e no 1º ano)
150€
ou 75€ para ex-formandos
dos cursos de 35h do IPPC

Data Limite de Inscrição:

23/02/2019

Qualquer desistência deverá ser comunicada por escrito para o e-mail ippc@ippc.pt até à data limite de inscrições. Os valores pagos serão restituídos, descontando despesas bancárias. Posteriormente a esta data, não há lugar a restituição de valores.

Caso o curso seja cancelado motivado pela ausência de número mínimo de formandos, ou qualquer motivo de força maior, todos os valores entretanto pagos serão restituídos na totalidade.

Propina em cada ano

Num total de 3 anos
(não inclui o nível II)

240€ X 10 mensalidades
(a pagar entre o dia 1 e o dia 5 de cada mês, por transferência bancária IBAN PT50 0036 0146 9910 0023 812 26 – Envio do comprovativo para ippc@ippc.pt)

FORMADORES

Ana Caperta

Biológa, investigadora e docente na Universidade de Lisboa. Detém formação em Terapia Gestalt pela Sociedade Luso-Espanhola de Psicoterapia Gestalt.

Conceição Marques-Silva

Psicóloga Clínica e Psicoterapeuta Corporal. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses e da Associação Europeia de Psicoterapia Corporal. Pertenceu à Comissão Oganizadora do 14º Congresso da EABP (2014 – Portugal). Formadora na área da psicologia e da psicoterapia corporal integral.

Kathrin Stauffer

Psicoterapeuta corporal integrativa. Desenvolve psicoterapia individual, massagem biodinâmica, EMDR e supervisão em Cambridge. Membro do Conselho da Associação Europeia de Psicoterapia Corporal (EABP). Presidente do Conselho de Associações Nacionais da EABP. Membro da Relational School e da EMDR Association UK and Ireland. Foi Investigadora no Laboratory of Molecular Biology (LMB) em Cambridge (Reino Unido).

Liliana Viegas

Psicóloga Clínica. Dança Movimento terapeuta (DMT). Atualmente desenvolve o seu trabalho de DMT no Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa e em consultório privado. É membro da Direção da Associação Portuguesa de DMT – PRAIA.

Margarida Pedroso Lima

Psicóloga, doutorada em Psicologia do Desenvolvimento, e professora associada da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra. As suas experiências e interesses profissionais situam-se, prioritariamente, na área da Psicologia da Idade Adulta e na Psicologia da Personalidade.

Thomas Riepenhausen

Psicoterapeuta corporal e supervisor. Pioneiro em Portugal da formação em Psicoterapia Corporal. Fundador da Asas & Raízes no Porto (entretanto extinta). Foi formando direto da Gerda Boyesen (Psicologia biodinâmica – Londres). Ex-membro da direção da EABP. Membro do Comité Ético da EABP.

Outros formadores

Poderão ser contemplados outros formadores não presentes na atual lista, bem como a troca de formadores inicialmente apresentados, se por motivo maior não for possível a sua presença